FATO OU FAKE DO UNIVERSO DAS MAKES

No Insta, no Face, no YouTube e até no Pinterest. Quem ama make, está sempre de olho no que as marcas estão lançando e no que as blogueiras estão indicando. Mas cuidado: com tanta novidade, você pode acabar se deparando com informações incompletas ou dicas que não são assim tããão seguras. E quando consideramos que os produtinhos ficam em contato com a nossa pele por hoooras, essas “mentirinhas” podem comprometer não apenas o look, mas a saúde.

Mas amiga que é amiga não te deixa cair em cilada, não é? Por isso, a gente reuniu dicas quentíssimas pra te ajudar a desvendar o que é verdade e o que é mentira no universo das makes. Vem ver!

#1 LÁPIS PRETO NA LINHA D’ÁGUA DEIXA O OLHAR MENOR: FATO

Linha d’água é aquela região interna que circunda o olho e fica pertinho dos cílios. Ela é chamada assim porque está sempre molhadinha, devido à lubrificação do olho. Pra um olhar marcante, o uso do lápis preto é essencial, mas a forma de aplicar faz toda diferença no resultado final. Quando aplicado na linha d’água, ele contorna e delimita a região do olho, fazendo com que ele aparente ser menor, sabe?! Algumas pessoas gostam desse efeito, mas se você quer um olhão poderoso, aposte num lápis clarinho para a linha d’água, como branco ou bege, e use o lápis preto logo abaixo, rente aos cílios.

#2 QUALQUER SOMBRA PODE SER MOLHADA: FAKE

Você já deve ter ouvido falar que aplicar a sombra molhada faz com a cor fique mais intensa e duradoura. E sim, essa dica é verdadeira, mas deve ser seguida de algumas ressalvas. A primeira delas é que nem toda sombra é adequada para esta finalidade, e o mau uso pode ser um atrativo para fungos e bactérias. Opte por produtos que tragam a inscrição wet & dry na embalagem e, após o uso, deixe o produto aberto em local seco, ventilado e sem incidência direta de luz. Outra observação é que você não deve molhar a sombra diretamente. Em vez disso, umedeça o pincel e deposite o pigmento levemente sobre a pálpebra.

#3 EXISTE MAQUIAGEM PARA USAR EXCLUSIVAMENTE À NOITE: FAKE

Sabe quando falavam que você deveria usar tons clarinhos durante o dia e guardar os brilhos e tons vibrantes para a noite? Isso é coisa do passado! Em vez de categorizar os produtos como maquiagens para o dia e maquiagens para a noite, use os produtos que você quiser, quando bem entender. É verdade que algumas makes se destacam mais em determinados tipos de pele, mas isso não deve impedi-la de usar o que gosta. Quer usar delineador e brilho logo pela manhã? Vai fundo! Nude à noite? Se joga! Confie mais no que se encaixa ao seu estilo pessoal e use o que te deixa feliz!

#4 NÃO DEVO PEGAR MAQUIAGENS EMPRESTADAS: FATO

Essa é polêmica! Quem nunca pediu um gloss emprestado que atire a primeira pedra! Ops! Maaaas, embora situações como essa sejam bem comuns, o correto é não emprestar, nem usar maquiagens emprestadas, muito menos usar produtos de mostruário de lojas se não houver material descartável. Pincéis, rímel, batons e demais itens de maquiagem são de uso pessoal e o compartilhamento deve ser evitado. Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, cada pessoa é resistente a um determinado número de bactérias e compartilhar maquiagens aumenta a exposição a esses microorganismos, que podem penetrar na pele por meio de uma espinha ou pequeno corte, por exemplo. Agora você já sabe: quando a BFF pedir uma make emprestada, diga não com carinho e mostre que você está cuidando dela também.

#5 O CORRETIVO DEVE SER UM TOM MAIS CLARO QUE A PELE: FAKE

Como o nome já diz, o corretivo serve para corrigir imperfeições e uniformizar o tom da pele. Para quem tem olheiras ou manchas escuras no rosto, o corretivo é um ótimo aliado. Mas que cor usar? Seguindo a lógica de nivelar a tonalidade da pele, você precisa clarear as regiões mais escuras, certo? Sim! Pode fazer isso usando corretivo com tom mais claro que a pele? Não! Ficou confusa? Eu explico: o corretivo, em sua composição, já possui agentes neutralizadores capazes de disfarçar as regiões mais escuras da pele e, por isso, não precisam ser mais claros para corrigir as marcas escuras. Se você fizer isso, terá efeito contrário, pois a região das olheiras e manchas receberão ainda mais destaque. Portanto, o tom do corretivo deve ser igualzinho à sua pele, fechado?

#6 O LÁPIS DE BOCA PODE SER DIFERENTE DO BATOM: DESCOBRE AÍ

O lápis para contorno de boca é um item de maquiagem muito versátil e tem (re)conquistado o coração da mulherada. Seu uso até pouco tempo era associado às mulheres mais velhas, como forma de evitar que os batons cremosos espalhassem nas rugas sobre a boca – conhecidas como “código de barras”. Felizmente, as marcas inovaram e ampliaram a oferta de cores, tornando o lápis de boca um item indispensável na necessaire de toda mulher. Mas engana-se quem pensa que ele serve somente para isso. Maquiadores do mundo todo têm usado esse queridinho para conferir efeitos diferentes à boca, inclusive usando traços e cores ousadas. Confere alguns truques: usar lápis um tom mais claro que o batom e fazer o contorno por fora, dá efeito de bocão; usar lápis um tom mais escuro e fazer o contorno por dentro, diminui o tamanho da boca; fazer contorno mais escuro por fora nas laterais, efeito de boca mais larga; contorno mais escuro por dentro nas laterais, boca mais curta. O lápis pode ser da mesma cor do batom? Pode. Pode ser diferente? Pode também. A resposta é: DEPENDE de como você gosta mais. Essa foi pegadinha, hein?


Deixe uma resposta